Como escolher as escolas Internacionais em Portugal?

As escolas internacionais em Portugal esforçam-se
por responder à crescente procura


GPW Invest – 30 Agosto 2018

Quem toma a decisão de mudar de país tem de ter em conta uma série de fatores, mas quem tem filhos preocupa-se ainda mais. Onde vão estudar? A qualidade da escola, a referência sobre as instalações, os professores, o currículo, etc. Com programas curriculares cada vez mais reconhecidos pelo seu mérito no estrangeiro, as escolas internacionais em Portugal esforçam-se por responder à crescente procura que se tem verificado nos últimos anos.

São mais de 16 mil os alunos inscritos num universo de 35 escolas internacionais distribuídas por todo o país segundo números do jornal Expresso.

Números de alunos nas escolas internacionais:

  • 9.540 em Lisboa
  • 3.280 no Porto
  • 1.750 no Algarve
  • 1.480 em Setúbal
  • 186 no Funchal
  • 175 na Marinha Grande

Caso a sua decisão esteja tomada e queira inscrever o seu filho numa destas escolas, o melhor é tomar nota das indicações que recolhemos sobre o sistema de ensino e sobre os principais estabelecimentos internacionais que pode encontrar em Portugal.

O que precisa de saber sobre o sistema de ensino em Portugal

O sistema de ensino em Portugal é dividido em três fases principais: pré-primária (até aos 5 anos), ensino básico (entre os 6 e os 14 anos), e o ensino secundário (entre os 15 e os 18 anos). Num panorama geral, um ano letivo começa em setembro e acaba em junho, e está dividido em três períodos de aulas, com duas pausas letivas, uma em dezembro para o Natal e outra que varia com o feriado da Páscoa. As férias de verão marcam o fim de um ano letivo.

As matrículas decorrem entre maio e junho, na maioria dos casos, mas há escolas que antecipam as inscrições, especialmente se houver uma grande fila de espera. O ideal nestas situações é consultar a escola onde quer matricular os seus filhos para garantir que não falha os prazos. Também há escolas que aceitam alunos a meio do ano letivo, mas essa inserção já vai depender das condicionantes que a escola de destino impuser.

Já as mensalidades para a frequência destes estabelecimentos ronda um mínimo de 500 euros por mês e um máximo de 1000 euros por mês. Além destes valores, há outros acréscimos, tal como a alimentação, fardas, manuais, atividades extracurriculares, que variam de escola para escola. Os últimos anos do ensino secundário, no caso dos alunos que frequentem o currículo IB, podem ultrapassar os 20 mil euros.

Os currículos são outro aspeto que preocupa os pais, principalmente no que toca a avaliar se o percurso que escolhe para os jovens é o ideal para lhe proporcionar um futuro cheio de oportunidades, como poder entrar em qualquer universidade a nível mundial.

Um destes currículos é o International Baccalaureate (IB), um programa curricular internacional considerado um dos mais exigentes e prestigiados, sobretudo no nível mais avançado (o equivalente ao ensino secundário português), com mais 4800 escolas, distribuídas por 150 países. Em Portugal, há nove escolas internacionais que oferecem este currículo.

Além do IB, um dos currículos que os pais procuram para os seus filhos é o currículo desenvolvido pela Universidade de Cambridge, que lhe dá o nome. O currículo de Cambridge é ensinado em mais de 10 mil estabelecimentos de ensino a nível mundial e tem um leque abrangente de planos de estudos, reconhecidos nas mais privilegiadas universidades mundiais. Em Portugal, há 17 escolas com este currículo.

As escolas internacionais em Portugal mais procuradas

Lisboa

Carlucci American International School of Lisbon (Lisboa)

  • Fundação: 1956
  • Alunos: 700
  • A escola situada em Sintra é conhecida como Escola Americana de Lisboa. A CAISL é a escola americana mais antiga da Península Ibérica e a única escola autorizada pelo Departamento de Estado dos EUA em Portugal. O corpo discente do CAISL é constituído, maioritariamente, de estudantes conectados a missões diplomáticas e embaixadas em Lisboa, seguidos por cidadãos portugueses e uma considerável minoria de americanos. A CAISL tem várias parcerias com instituições, como a Fundação Calouste Gulbenkian. Em 2016, a Hewlett-Packard (HP) premiou a CAISL com o Prêmio HP de Inovação em Educação.

Saint Dominic’s International School (São Domingos de Rana)

  • Fundação: 1963
  • Alunos: perto de 850
  • Este colégio histórico situada em Lisboa dispões de todos os níveis de ensino, desde o berçário até ao 12.º ano, com alunos de 60 nacionalidades. Foi fundada pelas Irmãs Dominicanas Irlandesas, iniciando a atividade como “Escola do Bom Sucesso” em 1954 e na altura era restrita a mulheres. A transição para uma escola co-educacional começou em 1963. A escola oferece o IB Diploma Program em todos os três níveis – Primary Years Programme (do berçário até ao 5.º ano), Middle Years Programme (do 6.º até ao 10.º ano) e Diploma Program (do 11.º e 12.º ano), sendo assim a única escola em Portugal que oferece todos os três programas.

Liceu Francês Charles Lepierre (Lisboa)

  • Fundação: 1952
  • Alunos: 2.050
  • O Liceu Francês Charles Lepierre é uma escola com presença em mais de 137 países. Recebe alunos desde os 3 aos 18 anos, que podem prosseguir os estudos superiores em Portugal e França. É uma escola que dá prioridade ao prosseguimento dos estudos do currículo francês a alunos franceses, mas também portugueses.

Escola Alemã de Lisboa (Estoril e Lisboa)

  • Fundação: 1848
  • Alunos: 1.060
  • A Escola Alemã de Lisboa é a segunda mais antiga das escolas alemãs estrangeiras em todo o mundo. Fundada em 1848, a escola fechou portas várias vezes devido ao encerramento de estabelecimentos de ensino alemães durante as guerras mundiais. Reabriu novamente em 1952 e desde aí tornou-se numa das escolas mais prestigiadas deste país, que prepara os seus alunos desde o Jardim de Infância até ao Liceu para a aquisição do “Abitur” alemão e, a partir de 2019, para o “Abitur International Alemão”, que possibilita o ingresso direto no ensino superior a nível mundial.

St. Julian’s School (Cascais)

St. Julians School Cascais

  • Fundação: 1932
  • Alunos: mais de 1.000
  • É uma das poucas escolas internacionais em Portugal que dá a oportunidade aos seus alunos de seguirem três diferentes programas curriculares: o programa curricular nacional de Portugal, o programa nacional inglês e o International General Certificate of Secondary Education (IGCSE), e o International Baccalaureate Diploma Programme, nos dois últimos anos do secundário. É uma escola com uma longa fila de espera para novos alunos, por isso, é preciso apresentar candidatura com muita antecedência.

Setúbal

St. Peter’s International School (Palmela)

  • Fundação: 1987
  • Alunos: perto de 1.000
  • Tal como várias escolas internacionais em Portugal, a St. Peter’s International School têm uma parceria com a University of Cambridge. Entre os 16 e 19 anos, os alunos completam o Programa de Diploma IB, que inclui o estudo de, pelo menos, duas línguas, bem como de áreas disciplinares tradicionais, como a Matemática, as Ciências Experimentais, as Ciências Sociais e as Artes.O perfil do alunos deste colégio deve ser o seguinte: inquiridor, conhecedor, crítico, comunicativo, de princípios, de mente aberta, solidário, corajoso, equilibrado e ponderado.

Porto

The Oporto International School: CLIP (Porto)

  • Fundação: 1988
  • A escola acolhe alunos desde o ensino pré-escolar até ao secundário, segue o programa curricular britânico e é acreditada pelo Council of International Schools (CIS). A língua de ensino é o Inglês e a escola possui equivalência pedagógica em Portugal. As instalações oferecem espaços privilegiados para actividades culturais e desportivas. A escola funciona também como centro de examinação para o Cambridge International Examinations exam board e é uma das poucas escolas a nível mundial reconhecida como “Fellowship Centre” pela Universidade de Cambridge.

Colégio Luso Francês (Porto)

  • Fundação: 1936
  • O Colégio Luso-Francês é uma instituição de ensino na língua portuguesa das Franciscanas Missionárias de Nossa Senhora que, em 2020, celebra o 84.º aniversário. Os alunos têm acesso a um plano curricular e extracurricular de qualidade, o que se reflete nos seus excelentes resultados nas candidaturas às universidades. A escola acolhe alunos desde o ensino pré-escola até ingressarem no ensino superior, e define-se como uma Comunidade Educativa inspirada pelos valores do Evangelho e pelo testemunho de Francisco de Assis.

Oporto British School (Porto)

  • Fundação: 1894
  • Alunos: mais de 400
  • A Oporto British School é a escola britânica mais antiga da Europa Continental, com mais de 120 anos de experiência académica. A escola dá valor ao ensino com turmas mais pequenas para um melhor aproveitamento dos alunos. Para entrar nesta escola, os alunos têm de cumprir uma série de critérios hierarquizados que condicionam a seleção. Estes critérios vão desde a necessidade de ter um passaporte britânico, a ser filho(a) de um antigo aluno da escola. Segue o Programa de Diploma IB.

Colégio Alemão do Porto (Porto)

  • Fundação: 1901
  • Alunos: 700
  • Este colégio faz parte de uma rede de 140 escolas alemãs por todo o mundo que fornece aos alunos a possibilidade de fazerem parte de um programa de intercâmbio com outras escolas. Os alunos vindos de países com língua oficial alemã têm uma fase de integração e três anos na disciplina de Português. Corresponde ao programa de acesso ao ensino superior português e ao alemão.

Leiria

Colégio Luso-Internacional do Centro (Marinha Grande)

  • Fundação: 1996
  • Alunos: perto de 200
  • Na região centro do país, esta escola destaca-se por seguir um currículo vasto, nomeadamente o Currículo Nacional Inglês e os Programas de Exames Internacionais de Cambridge. Dos 3 aos 18 anos, os alunos podem aprender um leque de cinco línguas estrangeiras, incluindo o mandarim, russo, espanhol, inglês e francês, sendo que os alunos têm de escolher obrigatoriamente três línguas no seu currículo.

Algarve

Nobel International School Algarve (Lagoa)

  • Fundação: 1972
  • Alunos: mais de 1.000
  • É a maior escola internacional no sul do país. A Nobel International School Algarve oferece aos alunos a possibilidade de frequentarem um programa curricular nacional ou internacional. Os pais também podem optar por inscrever os alunos no programa de internato, destinado a alunos a partir dos 12 anos até aos 18 anos, que passam a viver junto às instalações da escola e onde podem conviver com colegas de mais de 30 nacionalidades.

Colégio Internacional de Vilamoura (Loulé)

  • Fundação: 1984
  • Alunos: perto de 800
  • Situado num dos principais centros turísticos do país, o Colégio Internacional de Vilamoura dá aos seus alunos a oportunidade de frequentarem um currículo de Estudos Portugueses, em que seguem o currículo nacional, e Estudos Ingleses, que segue o National Curriculum e Cambridge Curriculum. Os alunos deste colégio podem estagiar em escolas fora de Portugal como: a British International School – Edimburgo; a British International School – Londres; a Cambridge Language Studies international – Cambridge; a École Internationale Bilingue de Provence (IBS) – Aix En Provence; a École Internationale de Cannes – Cannes.

Madeira

The International School of Madeira (Funchal)

  • Fundação: 1980
  • Alunos: cerca de 100
  • A principal escola internacional na Região Autónoma da Madeira recebe alunos desde os 3 aos 10 anos. Os alunos são ensinados em inglês e português em todos os anos de escolaridade e seguem o programa nacional britânico, combinado com o português.

Se pretende viver em Portugal, contate a GPW! Podemos ajudar ao longo do processo!


Blog GPW
2021 © PT

GPW Invest | Todos os direitos reservados | Esta página usa cookies

| Web design: Estreia
PT
2021 © PT
GPW Invest | Termos Legais
Entrar em Contacto
Entrar em Contacto
maisSuíça
Telefone +41 61 225 4211
info@gpwconsulting.com
maisPortugal
pt@gpwconsulting.com